0
  1. Identifique alunos que podem se beneficiar da CAA

Qualquer aluno que não possa se comunicar eficientemente usando sua voz natural pode ser um candidato à CAA. Comunicação efetiva é essencial para a aprendizagem e o desenvolvimento. A CAA ajuda o aluno a participar na sala de aula, demonstrar entendimento e oferece suporte ao comportamento positivo. Use o formulário de mapeamento do sucesso da comunicação para identificar candidatos à CAA em sua sala de aula.

2. Invista tempo para conhecer o dispositivo/sistema que o aluno está usando

Se não conhece o funcionamento do sistema de CAA, você não pode ensiná-lo. Explore a aprenda a organização do vocabulário.  Use a função de Pesquisa para localizar vocabulário. Antes de cada aula, localize vocabulário relevante e pense em maneiras em que pode ser usado para prestar suporte à aprendizagem durante a atividade.

10 maneiras de oferecer suporte à aprendizagem e à participação na sala de aula para alunos que usam CAA

 

3. Crie um plano de implementação

Para o uso da CAA ser bem-sucedido, você deve saber quando, onde e por quê o sistema será usado. Planejamento é a chave! Escreva o cronograma do aluno, de quando chega na escola até ir para casa. Identifique oportunidades para aprendizagem e pratique habilidades de comunicação usando a CAA. Use o plano de implementação para começar!

4. Ofereça ferramentas apropriadas em todos os lugares e todos os dias

Não perca uma oportunidade. Ferramentas de CAA, como pranchas de comunicação e dispositivos, devem sempre estar disponíveis para o aluno usar ou os familiares/cuidadores demonstrarem. Prenda pranchas de comunicação na parede. Cole-as na mesa. Coloque-as em qualquer lugar onde acontece comunicação!

Dica:  Imprima pranchas de comunicação CAA do Core First

Pranchas de Comunicação gratuitas para imprimir

5. Modele (demonstre) o uso da CAA

Modelar é comprovadamente a melhor maneira de ensinar crianças a se comunicarem usando CAA de maneira RELEVANTE e SIGNIFICATIVA.  Modelar expande a linguagem da criança e a encoraja a usar diversos modos de comunicação, assim como com crianças que estão aprendendo a falar. Modelar é VOCÊ encostar e usar o dispositivo ou a prancha de comunicação conforme você fala e interage com a criança.

Dica:   Não é necessário demonstrar cada palavra que diz. Escolha uma ou duas e foque nelas. Por exemplo: se está na hora de sair, você diz: “Vamos lá fora fazer uma caminhada” e aponta para “vamos” no dispositivo ou na prancha de comunicação. E cada vez que disser “vamos”, toque nesta palavra.

 

o uso da CAA

 

6. Estimule e NÃO apenas peça

Evite “testar” o aluno constantemente: (“toque no objeto tal”, por exemplo, ou “aponte para…”) usando a prancha de comunicação ou o dispositivo. Vá além de fazer perguntas do tipo sim ou não ao modelar comentários, perguntas, etc. Use os Tópicos no Snap + Core First para proporcionar acesso a múltiplas funções de linguagem. Quanto mais você modela/demonstra, mais o aluno vai aprender a usar a linguagem de maneira apropriada.

7. Ofereça suporte ao desenvolvimento da alfabetização

Alunos com necessidades especiais precisam de instruções explícitas para se alfabetizarem. Mesmo que nem todos adquiram habilidades convencionais de alfabetização, é necessário proporcionar oportunidades para se obter o máximo possível de alfabetização. Mostre textos por meio de leitura e escrita compartilhadas. Se o aluno tem deficiência física que o impede de manipular livros e ferramentas de escrita de maneira independente, encontre adaptações como teclados, carimbos ou um dispositivo de rastreamento ocular anexado a um computador (PCEye Mini, por exemplo). Use o Core e as Listas de Palavras no Snap + Core First para oferecer acesso a palavras avulsas.

8. Proporcione muitas oportunidades de prática e aprendizagem

Identifique quantas vezes durante por dia o aluno poderá praticar habilidades de comunicação. Repetição com variação permite às crianças a adquirirem confiança e lhes proporciona a capacidade de generalizar as habilidades entre diferentes ambientes.

9. Crie um ambiente de comunicação positivo na sala de aula

Nossas atitudes quanto à CAA e como interagimos com o aluno podem ter impacto significativo, positiva ou negativamente. Um ambiente positivo de comunicação requer que:

  • Respondamos a todas as tentativas de comunicação
  • Proporcionemos suporte conforme necessário
  • Foquemos em resultados positivos
  • Encontremos soluções para desafios
  • 10. Ofereça suporte à conexão escola-casa.

Alunos com suporte à comunicação tanto em casa como na escola mostraram ser mais bem-sucedidos com a CAA. Certifique-se de envolver familiares e cuidadores no processo. Proporcione ferramentas de treinamento e comunicação que podem ser usadas em casa. Se estiver usando um dispositivo, programe um botão de ‘Notícias de Casa’ e ‘Notícias da Escola’ no botão de ‘Minhas Expressões’ (Respostas Rápidas). E programe uma mensagem diária para que o aluno possa compartilhar a informação de maneira independente.

 

Ofereça suporte à conexão escola-casa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *